O método de Experiência Somática₢ (Somatic Experiencing₢, no original em inglês) é uma forma terapêutica de lidar com situações traumáticas das mais diversas que de forma indesejada exercem uma influência em nossas vidas. Eventos traumáticos que acontecerem conosco no passado podem se manifestar no presente de formas diversas, seja como crenças que limitam a nossa capacidade atual, seja por sintomas crônicos de saúde ou por comportamentos físicos ou psicológicos que não condizem com o que queremos para nossas vidas.

O método foi desenvolvido pelo psicólogo e biomédico americano Peter Levine ao estudar a resposta a eventos traumáticos em animais, principalmente mamíferos. Notando as formas como fisicamente e fisiologicamente o evento traumático era processado pelo animal através de seu corpo, Levine criou um protocolo de atendimento e uma técnica de abordagem que leva a percepção corporal e de nossas sensações atuais em relação ao evento traumático. Desta forma, foi possível observar que nosso corpo humano tem dentro de si, fisiologicamente, a capacidade de ressignificar a experiência traumática, deixando para trás a intensidade e várias das respostas emocionais indesejadas que resultaram do trauma. Isso é possível sem uma necessidade maior de racionalização ou de repassar verbalmente para o terapeuta toda a experiência – o que pode ser constrangedor e um impedimento para algumas pessoas. Dessa forma é possível trabalhar com questões extremamente delicadas de uma forma suave, leve e que procura ao máximo levar o cliente para um espaço desconfortável, dando todos os recursos e apoio possíveis para a resolução de suas questões.

Você pode saber mais acessando a página da Associação Brasileira de Trauma.